Arquivo

PostHeaderIcon O que fazer quando uma criança ingere um produto de limpeza tóxico

O envenenamento por produtos tóxicos domésticos é a segunda causa mais comum de intoxicação na infância. De acordo com um estudo tornado público no Hospital de Sant Joan de Déu de Barcelona, ​​metade dos pais age de forma incorreta nestes casos. Então vamos ver o que fazer se a criança ingeriu lixívia, detergente, ou outro produto de limpeza.

Produtos Limpeza
Ao ver ou suspeitar que o nosso filho possa ter ingerido um produto tóxico a primeira reação pode ser de desespero, por isso deve ser informado sobre o que fazer e o que não fazer quando uma criança tenha tomado algum  produto tóxico de limpeza como lexívia, amoníaco, soda cáustica, detergentes, produtos limpar o chão ou de lavar a louça, diluente, limpa wc, etc.

Basicamente, a primeira coisa a saber é que é um acidente evitável, por isso devemos tomar medidas de segurança adequadas para impedir que esses produtos estejam ao alcance das crianças. Devem ser armazenados preferencialmente em lugares altos, em armários trancados ou com fechos de segurança que as crianças não consigam abrir.

A segunda barreira de proteção é a embalagem. Estas devem ter tampas de segurança especiais e embalagem especial resistentes às crianças. E, finalmente, produtos que tem uma substância muito amarga que é adicionado aos produtos químicos para proteger as crianças de líquidos perigosos.

Mas sabemos que em casas com crianças acidentes podem acontecer, vamos ver como devemos agir para prestar os primeiros socorros.

A maioria das intoxicações com produtos de limpeza ocorre em torno dos dois anos de idade e 15 por cento ocorrem porque o conteúdo foi transferido da embalagem original, para outro recipiente.

Os sintomas de intoxicação podem ser vômitos (às vezes com sangue), babar-se continuamente, ardor na boca e na garganta, febre, inchaço da boca e lábios, dor na garganta e dor no peito ao engolir.

Produto Tóxico

O que NÃO devemos fazer se o seu filho engole algum produto de limpeza

É muito comum acreditar que induzir o vómito, ao fazer com que a criança retorne o líquido ingerido, pode curar o envenenamento. Mas isto não é apenas falso, mas pode causar ainda mais danos. Ao vomitar, volta a passar o líquido corrosivo pela laringe, esófago e pode causar ainda mais lesões. Portanto, a recomendação é não provocar o vómito e evitár-lo, na medida do possível.

A ingestão de leite, água,  clara de ovo, ou outros alimentos é também é contra-indicada porque pode provocar lesões gastrintestinais.

O que devemos fazer se uma criança engole qualquer produto de limpeza

Não devemos dar nada para comer ou beber nem provocar o vómito da criança.

Na menor suspeita de intoxicação deve chamar o 112 ou ligue o 808 250 143. O INEM tem um serviço específico para as intoxicações, com aconselhamento médico para pedir indicações ou, se necessário, procure centro de cuidados urgentes primários ou um hospital.

É necessário levar a embalagem ou o rótulo do líquido que foi ingerid, a fim de determinar qual era o produto tóxico e então proceder ao tratamento adequado. Se não temos certeza qual foi exatamente a droga que ele tomou, recolhe-los todos num saco e levá-los ao médico.

É também importante informá-lo sobre a quantidade que foi ingerida, do tempo decorrido, se houve vómito ou não, e os sintomas que ocorreram. Uma vez no hospital ou centro de saúde o médico irá determinar o curso do tratamento com lavagem gástrica, administração de absorventes ou laxantes.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Leave a Reply

*