Arquivo

PostHeaderIcon Quando Começar a Oferecer Água ao Bebé e em que Quantidade

A água é um dos elementos básicos que todo ser humano precisa para viver e que precisamos de ingerir várias vezes ao dia. Está tão presente nas nossas vidas que muitas pessoas acreditam que os bebés, como os adultos precisam de beber água com frequência.

Bebé beber Água

Bebé beber Água

Os bebés precisam de beber água, assim como os adultos (na verdade precisam de muito mais água do que os adultos), mas a água que bebem deve ser sempre acompanhados por nutrientes. Caso contrário, os bebés estariam em grave risco de desnutrição, ao encher o seu estômago com água (que não acrescenta nutrientes ou calorias), sem possibilidade de dar alimentos em diferentes momentos do dia, por isso mesmo.

Se está a perguntar o que quero dizer com “água com nutrientes” é muito simples: leite materno, ou em alternativa, o leite artificial. Mais á frente vamos explicar quando podem começar a oferecer água, bem como, período, e quanto pode, eventualmente, precisar.

Os bebés precisam de muito mais água do que os adultos

Parece um absurdo dizer que ninguém dê água aos bebés, se estes precisam de muito mais água do que os adultos.

70% do peso corporal de um lactante (bebé de 1 a 24 meses) é água, enquanto nos adultos a proporção é de 50%. Quando seus corpos contêm uma maior proporção de água precisa tomar 10-15% do seu peso em água a cada dia, enquanto os adultos, precisamos apenas de 2-4%. Se fizermos um cálculo proporcional e fomos beber o mesmo a ser tomada pelo bebé provavelmente morríamos, pois equivale a cerca de 10 litros de água por dia.

Visto assim parece que os pais têm de levar um biberão cheio de água constantemente,  mas não é bem assim, até porque bebés até aos seis meses não precisam de provar água, nem é recomendado que o façam.

Água até aos seis meses

Os bebés necessitam de cerca de 700 ml de água até ao sexto mês de vida. Essa quantidade de água vem do leite materno ou dos biberões de leite artificial.

Os bebés comem frequentemente. Aqueles que são amamentados podem fazê-lo a cada hora e, enquanto que aqueles que tomam leite artificial podem fazê-lo a cada 2-3 horas, ora mais, ora menos. Coma muitas vezes porque precisam de comer muitas vezes.  O seu estômago é muito pequeno e a energia que consomem para viver e crescer é muito maior, proporcionalmente, á energia de que precisamos, basicamente porque não temos a crescer ou triplicar o nosso peso num ano.

Isso significa que, para além de comer muitas vezes durante o dia exige que o que comem seja rico em nutrientes e energia (estômago pequeno = pouca comida muito concentrada).

Se acontecer que alguém um dia dar uma biberão de água a um bebé estaria a desnutri-lo temporáriamente, se o fizesse todos os dias, seria correr riscos desnecessários.

Um exemplo:

Uma menina de três meses, ao medir constantemente o seu peso (aos 3, 4, 5 meses), via-se que não ganhava peso suficiente para a idade, do que seria de esperar para um bebé amamentado exclusivamente com leite materno.  Perguntou-se-lhe se ela amamentava cada vez que o bebé pedia ou se limitava as tomas, ao que ela respondeu que amamentava sempre que o bebé pedia.

Num dado momento ao ir a uma consulta de rotina (por volta dos 5 meses), a mãe pegou num biberão de água cheio e deu ao bebé ao que este bebeu um bom bocado.

- Já lhe dá água? – Perguntou o médico espantado.
“Sim, e gosta muito … bebe muito – respondeu a mãe.

Obviamente o recomendável é que não beba água nenhuma até aos seis meses, por isso a causa mais provável para o bebé não ganhar o peso suficiente para aquela idade, pois cada vez que bebia água deixava de tomar os nutrientes.

Então, resumindo, a recomendação é: não dar água aos bebés durante os primeiros seis meses de vida.

Água entre sete meses e um Ano

Bebés amamentados, como regra, continuam a mamar com frequência, mesmo quando começam com a alimentação complementar. Isso significa que geralmente não precisa de nenhum suprimento extra de água, mas não faz mal nenhum se ao comer alimentos que poderiam gerar sede (bolachas por exemplo) se oferece um pouco de água se a quer tomar.

Os bebés não amamentados com o leite materno por sua vez fazem menos tomas de leite ao iniciar a alimentação complementar (muitos só bebem de manhã e á noite) e, por isso é mais provável que precisem de água ao longo do dia. É aconselhável que lhes dê e que vão bebendo a que necessitem.

Água entre um e três anos

Neste momento, as crianças devem tomar cerca de 1,3 litros de água. Este valor é obtido sumando a quantidade de água que vem de alimentos e as que as crianças bebem. Digamos que, subtraindo a água dos alimentos uma criança desta idade devem beber mais ou menos, cerca de 0,9 litros/dia, equivalente a cerca de quatro copos de água.

Criança beber Água

Criança beber Água

Não há necessidade de controlar as quantidades

Depois de comentar sobre a quantidade de água que as crianças precisam nas diferentes idades não é obrigatório, para uma mãe (ou pai) levar estes dados á risca.

Da mesma forma que os adultos saudáveis ​​não têm idéia de quanta água tomam todos os dias, não é necessário saber quanta água deve tomar os seus filhos, porque a natureza projetou um sistema muito eficiente e seguro que nos obriga a tomar água de vez em quando: A sede.

As crianças também têm sede, por isso, se respeitamos a sua sede, eles mesmos bebem a água que precisam. Se são bebés e não pedem “Água!”, oferece-lhe e são eles que tomam a liberdade de beber ou não.

Fotos | YWAM Pittsburghvteijido Flickr

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 Responses to “Quando Começar a Oferecer Água ao Bebé e em que Quantidade”

Leave a Reply

*